quarta-feira, 12 de março de 2008

Mesa dia 11 de março de 2008

Da Esquerda para Direita
Rafael Schoenherr (Unibrasil), João Somma Neto (UFPR), Ivana Paulatti (UniBrasil), Marcelo Bronosky (UEPG), Valquiria Melnik (TV Paraná Educativa).

Beth Capponi (produtora do filme A Saga)

video

Ítalo Gusso (Nume Comunicação e jornal literário Rascunho)

video

Manaoos Aristides (diretor de elenco do filme A Saga)

video

Professor sugere alternativas para difusão da pesquisa

Todo trabalho produzido no meio acadêmico tem que procurar vias para ser levado para outros setores da sociedade. Esse é o ponto de vista do professor de jornalismo da UFPR, João Somma Neto, que participou da segunda noite do I Ciclo de Debates sobre Jornalismo e Novas Produções Universitárias.

Os convidados discutiram 'Aproveitamentos da Pesquisa em Jornalismo: Crítica e Experimentação'. Segundo Somma, as pesquisas produzidas em comunicação (não necessariamente em universidades, mas também em outras instituições, como institutos e 'observatórios' de mídia) ainda não chegam ao "âmbito maior da sociedade" - o que dificulta o intercâmbio entre a pesquisa e outros setores sociais.

A própria universidade deveria aí procurar caminhos pra se difundir a pesquisa, por meio de relações com entidades representativas, sindicatos e outras instituições da sociedade civil. "A gente tem que necessariamente buscar o intercâmbio. Sem isso, a pesquisa perde muito da relevância social". O professor defendeu, ainda, a necessidade de se ter como orientação geral de pesquisa o jornalismo como exercício de cidadania. "Apesar de ser uma prática de mercado, não deixa de ser importante que se enfatize o papel exercido pelo jornalismo no direto à informação".

terça-feira, 11 de março de 2008

Albari Rosa (fotógrafo do jornal Gazeta do Povo)

video

Série “A Saga”

Por Frederico Pinheiro


Na abertura do I Ciclo de Debates Sobre Jornalismo, que aconteceu na segunda-feira, 10 de março, no auditório 1 da Unibrasil, participararam como convidados o diretor e roterista da série “A Saga”: Manaoos Aristides e a produtora de cinema Beth Capponi.

Após a exibição de um trecho da série “A Saga”, que conta a história da colonização nas terras do Paraná, um debate foi aberto aos estudantes que questionaram sobre o incentivo à produção de documentários, sobre as dificuldades para captação de recursos e sobre aspectos envolvidos na produção do audiovisual.

“Um encontro de nível. Os alunos estão interessados em novos caminhos e possibilidades que o jornalismo pode oferecer”, definiu Manaoos.

Os interessados podem esclarecer dúvidas sobre a produção de “A Saga”, além de informaçãoes sobre captação de recursos ligados à direção de curtas e documentários através dos e-mails manaoos@terra.com.br, manaoos@hotmail.com, www.asaga.com.br.